Produto Indisponível Caso você tenha interesse neste vinho, deixe o seu e-mail abaixo que lhe informaremos assim que tivermos uma nova campanha.

Trentino Alto-Ádige

A região preserva na memória as suas origens no Império Austro-Húngaro.

Embora, olhando ao nosso redor, as placas em alemão e a paisagem montanhosa nos transportem para a Áustria, ainda estamos na Itália. A região autônoma do Trentino-Alto Adige, ou Trentino-Südtirol para os locais, preserva na memória as suas origens no Império Austro-Húngaro.

Famosa pela cadeia de alpes das Dolomitas, patrimônio mundial da UNESCO, a região formada pelas províncias de Trento e Bolzano atrai turistas de todo o mundo em suas estações de esqui, trilhas de trekking, cidades históricas e termas.

Em meio à belíssima natureza, vinhedos despontam nas encostas íngrimes, em altitudes que vão de 200m a 1000m acima do nível do mar. A alta insolação, os verões intensos e a grande amplitude térmica imprimem aos vinhos desta região um caráter delicado e elegante, tanto nos brancos quanto nos tintos.

Os camponeses daqui atuam há séculos em cooperativas, sendo que algumas das maiores vinícolas reúnem centenas de famílias, dedicadas por gerações à cultura do vinho. Com um grande leque de uvas produzidas na região, algumas vinícolas oferecem mais de 30 rótulos em suas linhas.

Os brancos Riesling e Gewürztraminer, clássicos da Alsácia, têm sabor seco e ótima acidez, contrastando com um bouquet floral e cítrico, toques herbácios e de especiarias. O Müller-Thurgau, igualmente fresco e aromático, possui um perfume de frutas brancas como damasco e pêssego. As varietais famosas como Sauvignon Blanc tem uma excelente citricidade e traços de frutas tropicais, como o abacaxi e o maracujá, enquanto a Chardonnay traz corpo e robustez com um estilo amanteigado, traços de amêndoas e frutas como maçã e carambola.

Os melhores produtores da região já abraçaram o conceito dos rosés, com vinhos de coloração intensa e aromas frutados, versáteis na harmonização e boa companhia para o clima quente de verão.

Para os aficionados em tintos, o Pinot Nero do Trentino-Alto Adige traz uma leveza incomparável, taninos redondos e uma expressão aromática de frutas vermelhas, frutas negras e especiarias. O Cabernet Sauvignon e o Merlot, produzidos com perfeito equilibrio entre sabor da uva e presença de barrica, são ótimas opções para os que procuram corpo médio. Não podemos deixar de mencionar o Lagrein, de uva nativa do Südtirol e o Teroldego, de uva nativa do Trento, que fazem vinhos potentes, com taninos e aromas mais intensos.

Alguns produtores vinificam vinhos de sobremesa a partir de uvas secas de Moscato Giallo e Moscato Rosa, que concentram o açúcar e conferem ao vinho uma cor escura com toques de caramelo, avelãs e açúcar mascavo.

Com fácil acesso não só pelo norte da itália como também pela Áustria, visitar essa região no inverno ganha um charme especial, com estações de ski movimentadas e os melhores restaurantes funcionando nos topos das montanhas nevadas.

Conheça os vinhos da região